h1

Como é dentro da Google (com fotos)

04/22/2010

Literalmente *dentro* da Google. Com fotos.

Publicado por Guilherme Nascimento Valadares em 07.5.2008 às 18:53

O editor do blog espanhol Gadgetoblog, Ángel Jiménez de Luis, visitou a oficina do Google en Zurich (Suiça) e voltou com uma série de fotos que recebi por email essa semana.
Reproduzo aqui as fotos e as respectivas legendas. Preparem-se para entrar no universo Google.



O tobogã conecta a zona de oficinas do primero andar com a cafeteria e a academia. Para descer e comer não é preciso esperar o elevador.
Os recém chegados têm que descer por ele para se apresentar à todos, além de usar um ridículo chapéu colorido durante algumas horas.

A cafeteria serve café da manhã, almoço e janta preparados por cozinheiros contratados exclusivamente para o edifício. Tem comida para vegetarianos e como prato principal, um buffet de saladas abastecido por comidas feitas com ingredientes frescos da região.

As crianças são bem vindas e não é estranho ver os ‘Googlers’ indo trabalhar acompanhados de seus mascotes. Não há berçários mas sim uma sala especial para trocar os bebês.

A boa comida grátis e os petiscos entre as horas sempre trazem uns ‘quilinhos’ a mais aos recém chegados que ficam popularmente conhecidos como ‘os Os (letra O) do Google’.
A academia do piso superior – que também é grátis – é o lugar onde se queimam as gorduras extras.


A sala de massagem é quase um santuário. As poltronas vibradoras são gratuitas.
Apenas o serviço de massagens é pago, mas ainda sim subsidiado e com valores baixos.
A empresa presenteia os funcionários com bônus de massagem ou reservas de horários especiais.

Em cada andar há ao menos 2 áreas de descanso com comida e bebida – é claro, grátis. Refrescos, sucos e café, muito café, cereais, chocolates, sorvetes, batata fritas, frutas e uma ampla seleção de lanches saudáveis que tentam compensar o excesso de carboidratos e açúcar.

Cada um administra seu tempo e seu trabalho como quer.
Não há horário e nas horas de descanso é permitido jogar uma partida de Guitar Hero, sinuca ou um jogo de mesa. Os prazos de entregas e desenvolvimento/ produção, isso sim, precisa ser cumprido.

Esta barra, similar a de uma estação de bombeiros, liga o segundo andar com a sala de jogos.

O espaço de trabalho é pequeno, no entanto as áreas de reuniões são muito amplas e temáticas.
Essa cabine é de um autêntico teleférico e está situada em um andar decorado com fotos e objetos que lembram uma estação de esqui nos Alpes.

A essa altura você deve estar perguntando se no Google realmente se trabalha.
Esta é uma área de trabalho convencional. Duas telas (monitores) é o padrão – economiza tempo e aumenta a produtividade – e os lugares são escolhidos livremente. Não é difícil ver os ‘Googlers’ mudando o lugar de trabalho com freqüencia.

O serviço técnico está num ambiente hawaiano. Aqui se pode vir e buscar um cabo ou consertar um problema no seu laptop. As áreas de recreação estão repartidas por todo o prédio para que os ‘Googlers’ caminhem e se vejam.

Os espaços de trabalho são sempre abertos. Para se ter privacidade durante uma conversa no telefone, você tem que entrar em uma das múltiplas cabinas divididas pelo edifício.
Em todas as paredes do prédio existem blocos de anotações, porque nunca se sabe em que momento pode surgir uma boa idéia.

O Salão da Água é uma área de paz e relaxamento no prédio. Há poltronas de massagens e a iluminação é mínima. É o lugar ideal para tirar aquela dormidinha básica após o almoço e descansar um pouco antes de uma reunião.

No entanto, é proibido o uso de celulares e despertadores. A única atividade possível, além de descansar, é olhar os peixes tropicais nos aquários nas paredes.

As salas de reuniões do prédio têm nomes inspirados em séries de TV e filmes famosos.
Estes iglús estão na área do Star Wars e são autênticos refúgios que foram utilizados em missões científicas na Antártida.

Google é mais que uma empresa.
Os trabalhadores se encontram na sede de forma periódica para realizarem atividades em conjunto e festas. Também não é raro encontrar grupos para praticar esportes, desde ciclismo até esqui e snowboard.
Além de tudo, os funcionários têm o famoso 20% de tempo de trabalho onde cada um pode dedicar-se a projetos pessoais e 10% para fazer absolutamente o que quiserem.

Os trabalhadores passam apenas uma fração de seu tempo na mesa de trabalho.
Na maioria das vezes trabalham com o laptop nas áreas de descanso, em pequenos grupos.
Isto favorece a criatividade e a sociabilidade.

A biblioteca é uma das salas mais surpreendentes do prédio e a que possui as melhores vistas, com uma imensa cozinha e uma chaminé ‘virtual’. Toda a mobília é reciclável e foi adquirida de brechós.

Agora abre o seu Gmail, digita o endereço do chefia, anexa esse artigo e coloca o título: “Sugestão de Melhorias para aumentar a produtividade e facilitar o convívio”.
Quem sabe cola?

É por isso que dá tanto problema no orkut! Invés de trabalhar eles ficam de bobeira o dia todo EHAIUSEHUAISHE

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: