Archive for the ‘Geral’ Category

h1

Os 12 doces mais estranhos já produzidos.

07/30/2010

Gi fazendo um post especial no Picolé, só pra ter um toque femino por aqui, espero que gostem:

Na busca por maior consumo, as empresas fabricantes de doces e guloseimas estão sempre tentando chamar a atenção do público-alvo, que normalmente são crianças. Assim, já foram produzidos doces esquisitíssimos, que a curiosidade geral resolveu publicar na internet. Uma lista com 12 destes inusitados doces pode ser conferida a seguir:

Read the rest of this entry ?

h1

Infernos na Terra: lugares onde é impossível viver

04/11/2010

Hoje preparei para vocês uma lista de lugares onde é praticamente impossível viver, lugares tão inóspitos que atraem somente cientistas em busca de conhecimento…

Chernobyl, a usina da morte:
Este é um local onde até um apelo internacional foi feito para que não ocorra qualquer forma de habitação, pois praticamente nada normal sobrevive lá por muito tempo, apenas plantas e animais com graves doenças genéticas e a maioria infértil. Chernobyl é uma cidade do norte da Ucrânia que foi vítima da explosão de um reator nuclear em 1986, a explosão liberou 100 vezes mais radiação que uma bomba atômica e apenas cinco trabalhadores sobreviveram. Todas as cidades próximas ao local foram evacuadas, mas no decorrer dos anos milhares de pessoas que um dia moraram lá sofreram de doenças terríveis e mutações genéticas.
A contaminação foi tão intensa que cidades e vilarejos foram destruídos e soterrados, mas nada adiantou, a água e o solo continuam radioativos e poderão demorar milhares de anos para se recuperar. O governo isolou uma área de cinco milhões de hectares de terras e declarou o local como inabitável. O antigo reator do local foi coberto com centenas de toneladas de chumbo e concreto para evitar novos vazamentos, mas recentemente rachaduras e marcas de oxidação vêm preocupando pesquisadores que temem novos vazamentos.

Centralia, uma cidade sobre o inferno:
Centralia é (ou melhor, era) uma pequena cidade localizada no estado norte-americano da Pensilvânia, no Condado de Columbia. O local é rico em carvão e por isso ele era a principal fonte de renda da cidade, mas em 1962 um acidente em uma das várias minas iniciou um incêndio nos subterrâneos da cidade. O calor intenso vindo do subsolo, os gases tóxicos e vários desmoronamentos ocasionaram o abandono do local.  40 milhões em recursos foram disponibilizados para o combate ao incêndio e restauração da cidade, mas nada surtiu efeito e em 1992 o governo da Pensilvânia condenou todas as casas e prédios da cidade e cancelou todas as tentativas de apagar o incêndio devido aos altos custos. Hoje, mesmo após mais de 40 anos o fogo continua aceso. Especialistas que calcularam a quantidade aproximada de carvão disseram que não será possível apagar as chamas nos próximos 500 anos.

Vozrozhdeniye, a ilha laboratório:
Na década de 1950 foi instalado nessa ilha, localizada no mar de Aral, um laboratório para o desenvolvimento de armas biológicas como parte de um projeto chamado Aralsk 7. Em 1972 um tratado internacional proibiu a criação de armas biológicas e a União Soviética, dona do laboratório, aderiu ao tratado desativando todo o complexo. Inúmeras falhas durante a desocupação do local acabaram resultando em um conjunto de prédios abandonados e infectados com as doenças mais terríveis, de varíola até o temido anthrax. Hoje, com o mar de Aral secando, vários governos temem que amostras das pesquisas que foram feitas lá acabem nas mãos de terroristas.

Ridge A, um inferno gelado:
Esse é um dos lugares da Terra em que o ser humano nunca pisou, fica a 4 mil metros de altitude e está a 600 quilômetros do Pólo Sul. Mas a principal característica desse lugar foi revelada em outubro de 2009: Ridge A é o ponto mais frio da face da Terra, com temperatura média de 70 graus negativos e podendo chegar até 90 negativos durante os meses de inverno e o ar além de rarefeito não possui praticamente nenhuma umidade. O local é muito hostil para a vida – se é que existe alguma por lá –, mas perfeito para a ciência. Pesquisadores pretendem instalar no local um telescópio em 2012 (construído durante os meses de verão) e será operado a distância, já que nenhum ser humano resistiria lá por mais de dois dias (mesmo com os sistemas de aquecimento mais modernos).

Atol de Mururoa, um alvo de testes:
A França fez 41 testes nucleares atmosféricos sobre os atóis de Mururoa e Fangataufa, no Oceano Pacifíco, entre 1966 e 1974, seguidos de 134 testes subterrâneos nos mesmos locais entre 1975 e 1991. Outros oito foram realizados entre 1995 e 1996. Todos esses testes poluíram o solo e as águas dessas ilhas. A poeira carregada pelo vento acabou contaminando dezenas de pessoas em ilhas vizinhas. As explosões também causaram diversas fraturas no solo de basalto de Mururoa e até hoje não se sabe quais poderão ser as conseqüências disso.

Esses são os primeiros cinco de uma lista de 10 lugares que os seres humanos ou a própria natureza tornou inabitáveis (ou quase inabitáveis), lugares que servem de exemplo para mostrar o que vai acontecer com o nosso mundo se não o tratarmos melhor. Na próxima lista estarão lugares ainda mais perigosos.

Infernos na Terra: mais 5 lugares onde é impossível viver

Hoje estou postando os outros cinco lugares da lista de dez onde a vida é quase impossível, eles são tão perigosos quanto os cinco primeiros e alguns deles possuem uma beleza natural, mas outros nos levam a imaginar como será o futuro de nosso planeta:

Salar de Uyuni, um deserto de sal:
Localizado na Bolívia, a mais de 2500 metros de altitude, o salar é um bom exemplo do que ocorre quando a água de um local acaba. Quando se visita essa região a paisagem pode variar de desertos de pedra com gêiseres de água fervente até florestas de pedra e o próprio salar, com sua paisagem branca, seus baixios capazes de engolir carros inteiros, ar rarefeito, o calor extremamente forte durante o dia e temperaturas de até 20 graus negativos durante a noite, as altas concentrações de lítio confundem as bússolas e a salinidade do solo torna a vida no local quase impossível. Somente alguns mineradores de sal e algumas pessoas que faturam com o turismo moram lá, mas toda a água e alimento vem de outros pontos do país pois a agricultura na região é impraticável e não existe água doce.

Death Valley, o Vale da Morte:
É uma depressão que fica no norte do deserto de Mojave, na Califórnia. Ali foi registrada a segunda temperatura mais alta do planeta, 56,6 graus. O local é um dos mais secos do mundo, mas ao contrário de desertos como o Saara e o Atacama, onde existem vilas e até cidades, no Vale da Morte não existe praticamente nada. Perto do Vale existe uma mina de extração de boratos, a única atividade humana em quilômetros de terras. Para completar o local ainda guarda enigmas que intrigam até mesmo os especialistas, entre eles estão pedras de até 300 quilos que se movimentam sozinhas por centenas de metros (esse fenômeno é conhecido como Rochas deslizantes de Racetrack Playa).

Tuvalu, uma ilha que deixará de existir:
Pode não parecer muito dramático de inicio, mas viver em uma ilha que pode desaparecer em breve exige coragem. Devido ao aquecimento global, o mar tem se elevado nos últimos anos, o que já causou a perda de algumas porções de terra no local que para completar não tem espaço para a prática rentável de agricultura, quase não possui água doce, tem freqüentes problemas com partes de terra que desaparecem devido à erosão e grandes áreas ocupadas por lixo, já que a ilha é pequena e não possui depósitos para o material. Quem vai conseguir morar em lugar que deixará de existir?

Antártica, onde não existe gelo:
Quando alguém diz que existem lugares na Antártica onde não há neve até parece mentira, mas em um conjunto de locais conhecido como Vales da Morte não cai neve e nem chove devido à ação dos ventos de 320 quilômetros por hora que não param nunca, o atrito gerado por eles evapora toda forma de água que surge nesses vales. É um lugar que se parece mais com Marte do que com a Terra, pois não tem umidade, nem animais ou plantas, com um frio que chega a 40 graus negativos, onde não faz sol durante vários meses do ano e não chove a milhões de anos.

A Ilha de Lixo, um local que nem deveria existir:
A mais de vinte anos nas Ilhas Maldivas, no Oceano Índico, uma nova ilha vem sendo construída. A Ilha Lixão, como o próprio nome diz, é feita do lixo que depositado em um enorme banco de areia, ela já possui mais de 50000 km² e está aumentando rapidamente. No local existem somente trabalhadores que depositam o lixo e alguns animais que tentam encontrar alimento, mas só encontram maneiras diferentes de morrer. O cheiro é horrível e os gases tóxicos produzidos pela decomposição e pela queima de lixo seco só pioram a situação. Milhões de litros de água do mar já estão contaminados e como se isso já não bastasse para tornar esse um dos locais mais inóspitos e perigosos do mundo, a Ilha de Lixo e as ilhas vizinhas estão afundando devido ao aquecimento global, com isso mais água acabará contaminada e dentro de algumas décadas toda essa região será totalmente inabitável, pois não existirão terras para todos, não haverá água potável, as doenças irão se tornar ainda mais freqüentes (contaminações por produtos tóxicos, bactérias do lixo) e a erosão dificultará a construção de qualquer coisa nesse arquipélago.

Todos os lugares dessas duas listas são inóspitos para a vida, e dos 10 apenas quatro são assim por natureza, os outros seis foram culpa do ser humano.

Agora fica a dúvida:
Será que nós seremos tão racionais e inteligentes burros e ignorantes a ponto de transformar em um inferno o único planeta que temos?

FONTE

h1

Desconto imperdível :D

04/11/2010

Tá, eu apaguei as outras coisas com o paint, pq o photoshop e afins, não vão com a minha cara @: , mas o fail não é montagem:

Mas enfim, se você é otaku, gosta de assistir animes/ler mangás, e quer se vestir ou ter algum boneco em forma do kon por exemplo, indico esse site, muito bom 😀

->  http://www.japapop.com.br/

h1

Os 5 “RAMBOS” da Vida Real

04/11/2010

Você já parou pra pensar se já existiu algum soldado com o potencial dos personagens de filmes de guerra que passam no cinema?
Enfim, temos cidadãos que já apresentaram um curriculum tão fuderoso na vida real, que deixaram o Rambo andando de tamanco durante a guerra.

Audie Murphy

Quem era ele?
Quando Audie Murphy se alistou para a Marinha em 1942 na idade de 16, ele tinha 1 metro e 60 e pesava pouco mais de 50 quilos. Eles riram da cara dele. Então ele se alistou na Força Aérea, e eles também riram da cara dele. Então ele se alistou no Exército, e o exército refletiu que poderiam sempre usar um peão para absorver o poder de fogo do inimigo, então o deixaram entrar. Ele não era particularmente bom naquilo, e na verdade eles tentaram transferi-lo para a cozinha, depois que ele desmaiou na metade do treinamento. Ele insistiu que queria lutar.
Durante a invasão da Itália ele foi promovido para corporal graças a suas incríveis habilidades de tiro, e nesse mesmo período, contraiu malária, que ele teve durante quase toda a guerra. Tente se lembrar desse detalhe…

Ele foi enviado para o sul da França em 1944. Ele encontrou um pessoal de artilharia Alemã que fingia estar se rendendo, então atiraram em seu melhor amigo. Murphy ficou completamente doido, matou todos no ninho de artilharia e depois usou suas armas para matar cada coitado em um alcance de 100 jardas, incluindo mais dois ninhos de artilharia e um grupo de snipers. Eles lhe deram condecorações e o tornaram comandante, enquanto todos se desculpavam por chamá-lo de “baixinho”.
Quase um ano depois, sua companhia recebeu a missão de defender Colmar Pocket, uma região crítica na França, mesmo que tudo que eles tivessem fossem 19 caras e dois M-10 Tank Destroyers.
O Alemães apareceram com uma caralhada de soldados e meia dúzia de tanques. Já que reforços não iriam chegar por um bom tempo, Murphy e seus homens se esconderam em uma trincheira e enviaram os M-10s para fazer o trabalho pesado. Eles foram dizimados em pedaços.
Então, este garoto com um metro e 60, raquítico e cheio de malaria, correu para um dos M-10s destruídos, subiu na traseira e tomou controle da metralhadora calibre.50 acoplada em cima do tanque e começou a matar todo mundo à vista. Um detalhe é que o M-10 estava em chamas e tinha um tanque cheio de gasolina, o que o tornava uma armadilha mortal.

Ele continuou por quase uma hora até que estivesse sem balas, então se afastou de volta até seus homens enquanto o M-10 explodia no fundo, estilo Mad Max. Eles lhe deram literalmente, todas as medalhas que podiam (33 no total, apesar de que ele tinha algumas “repetidas”, mais 5 da França e 1 da Bélgia), incluindo a Medalha de Honra.
Depois da Guerra, ele sofreu stress traumático pós-guerra, e lhe foi prescrito o antidepressivo Placidyl. Quando ele ficou viciado no remédio, em vez de entrar em um programa como uma menininha, ele optou pelo caminho frio e solitário, se trancou em um quarto de hotel por uma semana e superou o problema como o pequeno minúsculo filho da puta com nervos de aço que ele era. Ele escreveu uma autobiografia intitulada “Ao Inferno e de Volta”, e depois se tornou um ator.
Ele interpretou a si mesmo em um filme sobre suas ações, porem, teve que cortar mais da metade das cenas que mostravam seus heroísmos, pois temia que ninguém acreditasse e achariam que ele estaria tentando se promover.

Alvin York

Quem era ele?

Nascido em uma família de fazendeiros caipiras do Tennessee, Alvin York passou a maior parte de sua juventude ficando podre de bêbado e entrando em brigas nos bares. Quando seu amigo morreu em uma dessas brigas, ele largou a birita e se tornou um pacifista. Ele foi chamado para servir, tentou evitar, mas foi enviado para o treinamento básico.Um ano depois, ele era um dos 17 homens designados para se arrastarem furtivamente e tomar um acampamento fortificado com artilharia pesada (metralhadoras), guardando uma rodovia Alemã. Conforme se aproximavam, os atiradores os enxergaram e abriram fogo, destroçando nove deles em pedaços.

Os poucos sobreviventes que não possuíam culhões de ferro entre suas pernas, fugiram, deixando York parado lá, sob fogo de 32 metralhadoras pesadas.Como ele contou mais tarde em seu diário; “Eu não tinha tempo para desviar por trás de árvores, ou mergulhar em arbustos, nem para me ajoelhar ou deitar. Não tinha tempo para fazer qualquer coisa, a não ser assisti-los atirando e lhes dar o melhor que eu podia. No começo, eu estava atirando deitado, como costumávamos atirar nas partidas de tiro ao alvo do Tennessee. Era a mesma distância, só que com alvos maiores. Naquele momento, eu não podia errar o corpo ou cabeça de um alemão. E eu não errei.”
Depois de matar mais ou menos 20 homens, um Tenente alemão, mandou 5 caras juntos, para tentar matá-lo pelos flancos. York puxou seu revólver Colt .45 (que só tinha 8 balas) e matou todos eles.

Você já parou pra pensar se já existiu algum soldado com o potencial dos personagens de filmes de guerra que passam no cinema?
Enfim, temos cidadãos que já apresentaram um curriculum tão fuderoso na vida real, que deixaram o Rambo andando de tamanco durante a guerra.

Jack Malcolm

Um comandante aliado na Segunda Guerra Mundial, e um ávido fã de surfe. Capitão Jack Malcolm Thorpe Fleming Churchil, também conhecido como “Lutador Jack Churchil” e “Jack Insano” era basicamente o desgraçado mais doido de toda a guerra.
Ele se voluntariou para uma missão, não sabendo ao certo no que se envolveria, mas sabendo que parecia perigoso e portanto, divertido. Ele era conhecido por dizer que “Qualquer soldado que entrar em ação sem sua espada está vestido impropriamente.” E sempre levava sua espada para a batalha – no meio da Segunda Guerra… E não era uma daquelas espadinhas gays que os oficiais da Marinha possuíam. Jack carregava uma porra de uma Claymore (espada escocesa usada com as duas mãos), sendo que ele a usava na guerra… Ele capturou um total de 42 Alemães e um esquadrão de morteiro, durante a noite, usando apenas sua espada. Simplesmente usando um corpo de um soldado inimigo e sorrateiramente indo de um posto de vigia até o outro e enfiando sua espada na cara de cada soldado.
Quando indagado como havia conseguido aquilo, ele disse: “Eu matenho que, contanto que você diga para um alemão, alto e claro o que fazer, se você for mais velho que ele, ele resmungará ‘jawohl’ (sim, senhor) e fará o que você disse com entusiasmo e eficácia, independente da situação.”

Também famoso por aparecer de surpresa em campos alemães, montando uma motocicleta e usando nada além de um arco-e-flecha e sua espada, e estuprando o campo inteiro. Ou ainda por resgatar um soldado britânico de uma emboscada, mesmo depois de ter sido atingido no pescoço por uma metralhadora montada.

Após ser enviado para um campo de concentração, ele ficou entediado e saiu. Simplesmente caminhou pra fora. Eles o pegaram de novo e o mandaram para um novo campo. Então ele saiu de novo. Depois de caminhar 150 milhas com apenas latas enferrujadas de cebolas como comida, ele foi pego por americanos e enviado de volta para a Inglaterra, chegando lá ele exigiu ser enviado novamente ao campo de batalha, apenas para descobrir (com grande decepção) que a guerra havia terminado enquanto ele estava no caminho até lá. Como ele disse para seus amigos depois “Se não fosse pelos malditos ianques (americanos), nós poderíamos manter a guerra por mais 10 anos!”

Yogendra Singh Yadav

Yogendra Singh Yadav era um membro do batalhão granadeador indiano, durante o conflito em Paquistão em 1999. A missão deles era escalar a “Colina do Tigre” (uma montanha foda), e neutralizar os 3 abrigos inimigos no topo. Infelizmente, isso significava subir a montanha enorme de puro gelo. Como eles não queriam subir tudo aquilo com picaretas de gelo, eles decidiram que iriam mandar um cara até lá, e ele iria descer as cordas, para que todo mundo pudesse subir do jeito mariquinha. Yadav tendo culhões de aço, se voluntariou.
Metade do caminho pela subida do inferno gelado, inimigos se posicionaram numa montanha adjacente, e abriram fogo, atirando neles com RPG (lança-mísseis), depois fuzilando com rifles de assalto. Metade do seu esquadrão foi morto, incluindo o comandante, e o resto se espalhou totalmente desorganizados. Yadav, apesar de ter sido baleado 3 vezes, continuou escalando..

Quando ele atingiu o topo, um dos abrigos inimigos que era o alvo, abriu fogo contra ele com metralhadoras. Yadav correu em direção da chuva de balas, atirou uma granada pela janela e matou todos lá dentro. A essa altura, o segundo abrigo tinha uma mira limpa e abriu fogo, então ele correu até eles, absorvendo todas as balas enquanto fazia isso, e matou quatro homens fortemente armados, com as mãos vazias.
Enquanto isso, o restante de seu batalhão estava parado olhando para ele e dizendo “cara, puta que pariu!” Então todos foram juntos e renderam o terceiro abrigo sem problemas.
Por sua proeza e quantidade de culhões, ele foi condecorado com o Param Vir Chakra, o maior prêmio militar da Índia. Diferente da Medalha de Honra dos EUA, o Param Vir Chakra só é dado para os mais “raro dos raros soldados que vai além do dever patriótico e que em vida normal seria considerado impossível de se obter.” Exatamente, você precisa quebrar as leis da realidade só pra que se torne possível possuir a medalha.

Somente 21 pessoas foram condecoradas com ela, e dois terços morreram no processo. No começo havia sido reportado que Yadav também havia morrido, mas parece que eles o confundiram com alguém menos fodásico. Ou eles apenas deduziram que nenhum ser humano poderia sobreviver uma perna quebrada, um braço destroçado e 10-15 buracos de balas em carne fresca, de uma só vez.
PS: Ele tinha apenas 19 anos na época em que fez todas essas proezas dignas de um ciborgue programado para matar.

Simo Häyä

Simo Häyä tinha uma vida bem entediante na Finlândia. Ele serviu um ano mandatório no exército, e então se tornou fazendeiro. Mas quando a União Soviética invadiu sua terra natal em 1939, ele decidiu que queria ajudar seu país. Já que a maioria das lutas ocorriam nas florestas, ele achou que o melhor jeito de impedir uma invasão era pegar seu rifle de confiança, duas latinhas de comida e esconder-se em uma floresta o dia inteiro, atirando em russos. Sob dois metros de neve. E 20-40 graus abaixo de zero.

É claro que quando os Russos ouviram que dezenas de seus homens estavam sendo apagados, e que era só um cara com um rifle, eles ficaram assustados pra caralho. Ele ficou conhecido como a “Morte Branca” por causa de sua camuflagem branca, e eles chegaram a montar missões inteiras apenas para matar esse único cara. Eles começaram mandando uma força especial para achar Häyä e matá-lo. Ele matou a todos eles. Então eles tentaram juntar um grupo de counter-snipers (que são basicamente snipers que matam snipers) e os mandaram para eliminar Häyä. Ele eliminou todos também.

No decorrer de 100 dias, Häyä havia matado 542 pessoas com seu rifle. Ele derrubou mais 150 com sua metralhadora SMG, mandando sua contagem de corpos para mais de 705, um recorde universal que dificilmente será ultrapassado nessa nossa realidade.Já que todos os homens que eles tinham estavam ou muito assustados, ou muito mortos para chegar perto dele, os russos decidiram simplesmente bombardear todos os lugares onde acharam que ele poderia estar. Supostamente eles acertaram o local, e ele foi atingindo por uma nuvem de fogo que destruiu suas vestimentas e tudo ao seu redor, mas não o matou, por que ele é a maldita Morte Branca, é claro. Finalmente em 6 de Março de 1940, algum bastardo de sorte acertou Häyä na cabeça, com uma bala explosiva. Quando os outros soldados o encontraram e o levaram para a base, ele “tinha perdido metade da cabeça”. A Morte Branca havia finalmente sido abatida…

(…) por mais ou menos uma semana. Apesar de ter sido diagnosticado com um caso severo de síndrome de-tiro-no-meio-da-cara, ele ainda estava bastante vivo e recuperou a consciência em 13 de Março, o mesmo dia em que a guerra acabou, Simo Häyä morreu em 2002, em sua casa, anos depois do seu “acidente”.

h1

Negro so faz negrice.

04/11/2010

E o cara que fiz isso fez no paint eu acho porque ta uma merda EHUIASE

h1

GIF’S

04/11/2010

BOOOOA CHAMPS keoKOPASPEKOASEKAOSE

[OLD]

Só na imaginação garotão EHAISHEIUSAHHEA

VOADOORA COM OS 2 PÉS = total OWNED !

h1

Uma fã digna de um post e digna do edward

04/10/2010

Nada como um amor de fã, vamos torcer pela beleza interna O/ EHIAUSHEIUASEASHIUEHASIUAH